https://www.producaoonline.org.br/rpo/issue/feed Revista Produção Online 2021-10-20T21:02:08-03:00 André Luís Helleno andre.helleno@mackenzie.br Open Journal Systems Periódico eletrônico de acesso aberto, voltado a pós-graduação, pesquisadores e profissionais da área de Engenharia de Produção e correlatas. https://www.producaoonline.org.br/rpo/article/view/4062 Desperdícios na manutenção ferroviária 2021-09-20T09:04:32-03:00 Emanoel Roza Dias emanoeldias@msn.com Mayanne Camara Serra may.produto@gmail.com Elon Vieira Lima prof.elon.lima@gmail.com <p>A filosofia de gestão Lean Manufacturing pode ser aplicada para elevar a eficiência de manutenções ferroviárias, principalmente com a identificação de desperdícios, já que os custos neste modal são expressivos. Este estudo almeja analisar os desperdícios presentes nos processos de manutenção de Via Permanente no Terminal Ferroviário de Ponta da Madeira. Para tanto, foi desenvolvida uma pesquisa-ação no setor de Via Permanente do terminal ferroviário, onde opera uma multinacional no escoamento de minério de ferro e outros produtos. A condução do estudo na identificação de desperdícios ocorreu de acordo com abordagem da Filosofia Lean e com aplicação de ferramentas da qualidade. Ao analisar o desperdício por esperas para liberação das faixas de trabalho do setor de Via Permanente, propôs-se a implementação da sistemática de priorização para tratar os problemas identificados. Ademais, foram elaboradas propostas de solução e ou controle, dentre as quais destaca-se a definição de indicadores quanto aos tempos de espera das equipes de manutenção.</p> 2021-10-16T00:00:00-03:00 Copyright (c) 2021 Revista Produção Online https://www.producaoonline.org.br/rpo/article/view/4069 Proposição de um modelo de gestão para micro e pequenas marcenarias do setor moveleiro 2021-09-20T09:04:47-03:00 Guilherme Wollmann da Costa guiwollmann@gmail.com Bárbara Pisoni Bender Andrade barbarabender1997@gmail.com Fabio Antonio Sartori Piran fabiosartoripiran@gmail.com <p>O objetivo deste artigo é propor um novo modelo de gestão focado especificamente em micro e pequenas marcenarias do setor moveleiro. Para cumprir este objetivo foi utilizado o método de pesquisa da Design Science Research (DSR) na elaboração de um artefato prático que consiga equalizar as dificuldades de subsistência encontradas no segmento e atender às necessidades específicas não contempladas por modelos de gestão genéricos. Além disso, o estudo criado foi amparado na pesquisa bibliográfica de dois marcos teóricos: “Modelos de Gestão” e “Setor moveleiro e suas características” e na análise comparativa de três modelos de gestão selecionados: “Seis Caixas”, “McKinsey 7s” e “Estrela de Galbraith”. O modelo desenvolvido foi chamado de Marcenaria 5A e é composto pela segmentação da empresa em 5 setores: Administrativo, Comercial, PCP, Produção e Execução. O artefato apresenta também os macros processos presentes em cada um dos setores bem como suas relações e fluxos de trabalho e informação.</p> 2021-10-16T00:00:00-03:00 Copyright (c) 2021 Revista Produção Online https://www.producaoonline.org.br/rpo/article/view/4215 Mapeamento de resíduos em projeto 2021-09-20T09:05:01-03:00 Nílberte Muniz de Sousa nilberte.muniz@hotmail.com Elivelthon Carlos do Nascimento elivelthon.nascimento@ifsertao-pe.edu.br Amanda Almeida de Oliveira Figueiredo amandaalmeida1602@gmail.com Maria Fernanda de Almeida fernandaportela40@gmail.com A construção civil é um dos setores que mais produzem resíduos, podendo atingir volumes de geração próximos a 50% em massa dos resíduos sólidos urbanos. No entanto, a sua existência está ligada, muitas vezes a falhas de projeto, sendo necessário, portanto, estudar os pontos críticos para minimizar a sua produção. O presente estudo teve como objetivo a realização de uma pesquisa na cidade do Recife (PE) para avaliar a perspectiva, as atitudes e comportamentos de projetistas com relação as principais causas e origens dos resíduos de construção (RCC) em projetos. Esta pesquisa envolveu uma amostra populacional de 11 projetistas de diferentes empresas, utilizando questionários, a fim de entender o perfil dos profissionais, seus requisitos na concepção dos trabalhos e a relação com as causas que interferem na geração dos resíduos em projeto. Os resultados demonstraram, em geral, que os projetistas não compreendem a influência do projeto na produção de resíduos. Dentre outros, fatores como a incompatibilidade entre projetos, a limitação de tempo e o desinteresse por parte das empresas e clientes foram apontados como causadores. Concluiu-se que faltam políticas de incentivo as quais visem modificar este cenário para reduzir a geração do RCC desde o projeto. 2021-10-16T00:00:00-03:00 Copyright (c) 2021 Revista Produção Online https://www.producaoonline.org.br/rpo/article/view/4239 Gestão da cadeia de suprimentos no setor público brasileiro 2021-09-20T09:04:20-03:00 Elaine Michele Diniz Santos michele.diniz.kapp@gmail.com Manoela Silveira dos Santos manoela.santos@unioeste.br Marcelo Nepomoceno Kapp marcelo.kapp@unila.edu.br Gilson Batista de Oliveira gilson.oliveira@unila.edu.br <p>O objetivo deste artigo é, por meio da revisão sistemática de literatura, levantar e organizar as informações a respeito das publicações que tratam da cadeia de suprimentos do setor público brasileiro. A necessidade de inovação para manter as atividades do Setor Público com foco no cidadão garantindo a qualidade e a eficiência do gasto público, levando em consideração que o orçamento das Instituições Públicas de Ensino Superior no Brasil não é suficiente para abarcar o desenvolvimento de todos os campos de pesquisa que seus pesquisadores podem atuar, se torna imprescindível a busca por formas de gestão que contribuam para a melhoria da eficiência e eficácia do serviço público, nesse sentido, a Gestão de Cadeias de Suprimento pode contribuir para o alcance deste fim. Assim, este artigo pesquisa a Gestão de Cadeias de Suprimento no Setor Público dentre os principais eventos e periódicos do campo de pesquisa proposto, compilando os dados e revelando o estado da arte desta temática, sintetizando para qual direção os estudos apontam além de contribuir com novos insights sobre o assunto visando prover o melhor nível de evidências para tomadas de decisão. Esta pesquisa demonstrou a baixa incidência de estudos nesta área, que justifica-se pelo fato da GCS ser mais utilizada no segundo setor, uma vez que, suas aplicações ao setor público necessitam de pesquisas e adaptações para alcançar as especificidades da Administração Pública.</p> 2021-10-16T00:00:00-03:00 Copyright (c) 2021 Revista Produção Online https://www.producaoonline.org.br/rpo/article/view/4243 Impacto técnico-econômico da alteração do processo de fabricação de machos 2021-09-20T09:05:38-03:00 Jaqueline Pereira Cabral jaqueline.cabral@outlook.com Gabrielly do Carmo Rodrigues gabii_rodrigues15@hotmail.com Carlos Roberto Camello Lima carlos.lima@mackenzie.br <p>A fundição de peças com cavidades requer moldes e machos. Para a fabricação dos machos, diversos processos podem ser aplicados. Este trabalho objetiva estudar a viabilidade da mudança do processo da fabricação de machos de <em>Hot Box</em> para <em>Shell Molding. </em>É realizado um estudo de caso em uma fundição de latão, buscando maior produtividade e menor perda na produção. Foram realizados levantamentos das perdas na fundição, coletados dados de tempo de ciclo, rendimento e refugo dos machos por etapa do processo. Com esses dados, foi calculado o tempo produtivo perdido em refugo para cada método. Como resultado, foi determinado que a alteração aumentaria a produtividade total da fundição em 5,9 %. Também foi calculada a viabilidade econômica do projeto, levando-se em consideração custos de equipamento, adaptações e treinamentos. Foi concluído que o <em>payback </em>desse projeto se daria em trinta e nove meses.</p> 2021-10-16T00:00:00-03:00 Copyright (c) 2021 Revista Produção Online https://www.producaoonline.org.br/rpo/article/view/4252 Análise, investigação e avaliação da gestão da qualidade no processo de mineração 2021-09-20T09:08:00-03:00 Rafael da Silva Fernandes rafasfer2@ufra.edu.br Lucas Rafael Castro de Sousa lucasraf.castro@gmail.com Thaynara Lopes dos Santos sthaynaralopes@gmail.com <p>É de grande relevância a cautela com as informações de estoques, num processo de produção do minério de ferro, para que os saldos apontados em sistemas informatizados apresentem acurácia com os saldos físicos armazenados. Tem-se assim, que a acurácia determina a capacidade da empresa em fornecer informações confiáveis aos stakeholders ao permitir a identificação de divergências, sendo que a sua falta, pode acarretar em efeitos indesejáveis nos diversos processos organizacionais. Neste âmbito, o objetivo deste trabalho é duplo: num primeiro momento, visa responder a seguinte pergunta: Como minimizar os desvios entre estoque físico e contábil, do produto <em>Pellet feed Especial</em>, nas etapas de produção e expedição de um mineradora localizada no sudeste do estado do Pará, por meio da aplicação da metodologia PDCA e ferramentas para a melhoria da qualidade? E, num segundo momento, visa fornecer à empresa, em particular ao setor envolvido, ferramentas da qualidade para que, estas, sejam aplicadas continuamente como melhoria do processo estudado. No entanto, após observar uma melhora inicial da Qualidade, posteriormente o processo apresentou medidas fora dos limites de especificação. Por fim, uma nova análise e investigação quantitativa de variáveis ainda não consideradas foi realizada, propondo a continuação do estudo para alcançar resultados mais satisfatórios, em particular, quanto a redução das divergências no processo produtivo abordado.</p> 2021-10-16T00:00:00-03:00 Copyright (c) 2021 Revista Produção Online https://www.producaoonline.org.br/rpo/article/view/4332 Desenvolvimento de um kit didático para estudos de resistência dos materiais, com aplicação na engenharia de produção 2021-09-20T09:34:53-03:00 Paulo Urbano Avila paulo.avila@eseg.edu.br Luiz Carlos de Campos lccampos@pucsp.br Oscar João Abdounur abdounur@ime.usp.br José Antonio Siqueira Dias siqueira@demic.fee.uicamp.br Manuel Antonio Pires Castanho manet@ipt.br <p>Dentro do universo da engenharia de produção, o processo de usinagem de materiais metálicos e tratamento térmico causa tensões residuais que podem alcançar valores significativos e influenciar a durabilidade dos diversos componentes mecânicos. Definir o processo adequado para cada aplicação requer a previsão de quão elevada será a tensão gerada em função das variáveis do processo utilizado. A fim de conhecer os valores das tensões resultantes, é necessário medi-las, por exemplo, usando análise experimental de tensão, que consiste no uso de strain gauges para medir deformações em uma superfície. Logo, o objetivo deste artigo é apresentar o processo de desenvolvimento e aplicação de um kit didático educacional (KiDiTen®), versão II, automatizado, em conformidade com a formação por competência na pesquisa do ensino de Engenharia, utilizando conceitos de Física, Matemática e Teoria da Elasticidade, com o objetivo de levar o aluno ao conceito elementar da tensão mecânica, tensão elétrica e tensor de ordem 2. Utilizaram-se metodologias como Educação Baseada em Projetos, Aprendizado Baseado em Problemas e abordagem STEM (Science, Technology, Engineering and Mathematics). Comprovou-se que a metodologia adotada foi adequada, empregando diversas metodologias de ensaios.</p> 2021-09-20T00:00:00-03:00 Copyright (c) 2021 Revista Produção Online https://www.producaoonline.org.br/rpo/article/view/4350 Contribuições do kanban eletrônico e tradicional para a gerenciamento de leitos hospitalares 2021-08-25T14:24:51-03:00 Thainy Genny Esteves Silva thainyesteves@usp.br Mariane Francis Souza Bezerra da Silva maryanefrancis@gmail.com Lara Camila Nery Vieira laracamilanery@hotmail.com Cristiane Angra Pimentel cristianepimentel@ufrb.edu.br Marcel Andreotti Musetti musetti@sc.usp.br <p>A falta de leitos resulta em filas de espera e em pacientes em corredores esperando em macas aguardando por leitos. Estes desafios geram a insatisfação nos pacientes e nos profissionais da saúde e podendo causar o aumento de gasto da organização, por conta do tempo elevado de permanência em internações e má gerenciamento dos recursos. O uso do gerenciamento de leito e de conceitos e ferramentas da filosofia <em>Lean Healthcare,</em> como o <em>Kanban</em> que permite melhor controle das demandas e auxilia no aumento da taxa de ocupação das instituições, maior utilização da capacidade disponível, tendo efeito direto no aumento da satisfação dos pacientes. Este artigo pretende apresentar as diferentes características do <em>Kanban</em> tradicional e eletrônico para a gerenciamento de leitos. A metodologia empregada foi a pesquisa exploratória e bibliográfica. Foram utilizados mecanismos de busca como <em>Google Scholar, Web of Science</em> e <em>Scopus</em>, conforme as palavras-chave: <em>lean healthcare</em>, kanban, kanban eletrônico, gerenciamento de leitos, entre outros termos relacionados para uma ampla busca sobre o conteúdo. Com a análise realizada os resultados encontrados foram as contribuições geradas da utilização da ferramenta <em>Kanban </em>eletrônico, que proporciona uma otimização no gerenciamento de leitos através da eficiência no acesso e atualização de dados, aumentando a autonomia dos agentes de saúde e oferecendo atendimentos com qualidade para os pacientes. O estudo contribui para a sociedade acadêmica fornecendo um panorama da utilização da ferramenta <em>Kanban</em> em unidades hospitalares para o gerenciamento de leitos.</p> 2021-10-16T00:00:00-03:00 Copyright (c) 2021 Revista Produção Online https://www.producaoonline.org.br/rpo/article/view/4321 Estímulos e barreiras para a economia circular no setor alimentício 2021-09-20T09:11:28-03:00 Gabriel de Ávila de Almeida gabriel.avila@unesp.br Marina Fernandes Aguiar marinafernandesaguiar@gmail.com Daniel Jugend daniel.jugend@unesp.br <p>O objetivo deste artigo é identificar artigos acadêmicos que tratam da transição para a economia circular (EC) no setor alimentício e analisar os principais estímulos, barreiras e práticas envolvidas neste processo. Para isso, uma revisão sistemática de literatura foi conduzida, utilizando a base Scopus. A partir da análise bibliométrica, de rede de palavras-chave e de conteúdo, foi possível obter uma visão geral das discussões atuais sobre o tema, que apresenta um crescente interesse, com protagonismo de países europeus e do Brasil. Entre os principais estímulos, foram identificados a eficiência energética, as novas oportunidades de mercado, a colaboração com <em>stakeholders</em>, a ecoeficiência e as possíveis reduções de custos. Dentre as barreiras, foram cinco as principais: tecnológicas, financeiras, operacionais, aceitação dos consumidores e legislação. A redução do consumo de matéria prima e o uso de subprodutos foram as práticas mais abordadas pelos artigos, indicando que o setor alimentício ainda tem potencial para implementar outras estratégias em direção à EC, como resultado da manufatura eficiente e uso mais inteligente dos produtos.</p> 2021-09-20T00:00:00-03:00 Copyright (c) 2021 Revista Produção Online https://www.producaoonline.org.br/rpo/article/view/4342 Dimensionamento e viabilidade econômica de um sistema fotovoltaico 2021-09-20T10:31:57-03:00 Beatriz Lorrane Farias Silva beatriz.engpro@gmail.com Iamara dos Santos Neto iamara.engpro@gmail.com Rafael da Silva Fernandes rafasfer2@ufra.edu.br Najmat Celene Branco najmatc.prod@gmail.com Gabriella Vitorino Guimarães gabriella.vitorino@pet.coppe.ufrj.br <p>A adoção do uso de fontes de energia renováveis é um tema comumente debatido, visto os problemas ambientais vivenciados pela sociedade em todo o mundo. No entanto, apesar do potencial brasileiro de geração de energia solar, a sua participação na matriz energética nacional ainda é incipiente, correspondendo a apenas 1% do total. Além disso, a maioria do seu uso se concentra em edificações residenciais e comerciais, havendo pouco incentivo para a implementação em prédios públicos. Neste contexto, o objetivo deste artigo é, através de uma metodologia estruturada de dimensionamento de um sistema fotovoltaico (SFV), analisar a demanda contratada vigente e verificar a viabilidade econômica de implementação desse sistema na Universidade Federal Rural da Amazônia – <em>Campus</em> Parauapebas, localizada no sudeste do Pará. Os resultados indicam que a potência de geração fotovoltaica total necessária para atender o <em>Campus</em> é de 240 kW; no entanto, a demanda contratada é de apenas 130 kW. Desta forma, o cálculo de viabilidade econômica da implementação de um SFV com uma demanda inferior indica que, apesar do elevado investimento inicial e dado uma economia mensal média de R$ 9.674,04, obteve-se um VPL satisfatório, <em>payback</em> de 44 meses e uma TMA de 1,6074% a.m.</p> 2021-09-20T00:00:00-03:00 Copyright (c) 2021 Revista Produção Online https://www.producaoonline.org.br/rpo/article/view/4344 Melhoria dos processos extrativistas na apicultura a luz da engenharia da qualidade 2021-09-20T10:27:52-03:00 Marina Lunga Dias Souza marinalungads@gmail.com Francisca Jeanne Sidrim de Figueiredo Mendonça jeanne.sidrim@urca.br Bruna Stephany Coelho de Souza bruna.stephany@urca.br Amanda Duarte Feitosa amandadfeitosa@hotmail.com Ana Karine Gomes Duarte karine.duarte@urca.br <p>A apicultura é uma atividade extrativista sustentável, que resulta em uma gama de produtos, sendo o mel o que possui maior valor, sua rentabilidade é responsável pela subsistência de inúmeras famílias. O Brasil está entre os quinze maiores produtores de mel do mundo, devido a sua alta exploração e comercialização, tornando-se causa de disputa entre consumidores por seu baixo percentual de contaminação. No entanto, a sua produção artesanal e adequações produtivas têm sido gargalo na produção inócua. O presente trabalho busca identificar os principais contaminadores dentro do ambiente extrativo, com o propósito de diminuí-los ou levá-los à extinção. Foram utilizadas ferramentas da qualidade como Diagrama Causa e Efeito e o Gráfico de Pareto, aliadas as boas práticas de fabricação e o Sistema de Análise de Perigos e Pontos Críticos de Controle (APPCC), objetivando elencar estrategicamente os meios contaminadores e propor um plano de ação mútuo aos produtores bem como recomendação de mudanças nos arranjos físicos, aumentando a qualidade do mel da região e, por consequência, elevar seu valor comercial.</p> 2021-09-20T00:00:00-03:00 Copyright (c) 2021 Revista Produção Online https://www.producaoonline.org.br/rpo/article/view/4346 Geoprodutos em comunidades turísticas para o desenvolvimento sustentável e empreendedorismo social 2021-08-15T21:05:46-03:00 Maria Juliana Ferreira Leite juliana.ferreira@urca.br Francisca Jeanne de Figueiredo Mendonça jeanne.sidrim@urca.br Frederico Romel Maia Tavares prof_fred@hotmail.com Nájila Rejanne Alencar Julião Cabral najila@ifce.edu.br Everson Araújo Maia everson1995maaia@gmail.com <p>Em um mundo com grandes desafios ambientais, torna-se evidente a necessidade do planejamento e execução de ações que colaborem efetivamente no progresso e desenvolvimento social sustentável. Uma das estratégias utilizadas pelo Geopark Araripe é o apoio na elaboração de produtos que resgatam a identidade e a conservação do patrimônio local, utilizando recursos naturais e comuns da região. Os geoprodutos se pretendem a intensificar a cultura e valorizar o território, incorporando as comunidades às novas tecnologias, envolvendo-os na comercialização e assegurando sustentabilidade e inclusão social. Como objetivo, a pesquisa buscou fortalecer e apoiar as abordagens inovadoras ligadas ao território, estimulando os produtores locais a empreender de forma sustentável nas comunidades estudadas. O estudo foi realizado em quatro etapas: revisão sistemática, elaboração das diretrizes para classificação dos geoprodutos, elaboração dos questionários, aplicação dos questionários ao geoprodutores e estudo de caso. Os resultados obtidos comprovaram que os geoprodutos criam oportunidades e valorizam geodiversidade da região. Portanto, podem ser utilizados para o empreendedorismo e beneficiamento dos produtores locais, estimulando o desenvolvimento e criação de novos estabelecimentos empresariais, além de proporcionar novas fontes de renda.</p> 2021-10-16T00:00:00-03:00 Copyright (c) 2021 Revista Produção Online https://www.producaoonline.org.br/rpo/article/view/4349 Diagnóstico das práticas de descarte dos resíduos sólidos em comunidades 2021-09-09T19:11:10-03:00 Luana Pessoa Oliveira luana.pessoa@urca.br Francisca Jeanne Sidrim de Figueiredo Mendonça jeanne.sidrim@urca.br Frederico Romel Maia Tavares frederico.tavares@urca.br Tatiana Betat Kohlrausch tatibetat@hotmail.com Jéssica Ingrid Marinho Chaves jessica.ingrid@urca.br <p>Atualmente, o consumo da população seguido da produção de resíduos sólidos vem aumentando cada vez mais. A quantidade de resíduos sólidos em lixões a céu aberto prejudica à qualidade do meio ambiente, do solo e da saúde da população. Este trabalho tem como objetivo, apresentar resultados parciais do projeto, para a constituição de uma rede de coleta seletiva de resíduos sólidos. Este projeto caracteriza-se como um Estudo de Caso. Foram realizadas entrevistas estruturadas com uso de um questionário feito através da ferramenta google forms para a coleta de dados. Concluiu-se a partir dos resultados obtidos que, a comunidade desconhece a importância do descarte adequado dos resíduos sólidos e a separação de lixo, assim como uma possível reciclagem ou reuso. Neste caso, ações mínimas como a realização de cursos relacionados à educação ambiental, saúde, economia e empreendedorismo podem ser aplicadas as comunidades como forma de melhorar a qualidade de vida, gerar renda e contribuir com a sustentabilidade.</p> 2021-10-16T00:00:00-03:00 Copyright (c) 2021 Revista Produção Online https://www.producaoonline.org.br/rpo/article/view/4354 Economia circular 2021-09-20T08:49:12-03:00 Thainy Genny Esteves Silva thainyesteves@usp.br Andreia Cristina da Silva Jordão Emerenciano Pontes andreia.pontes@usp.br Marcel Andreotti Musetti musetti@sc.usp.br Aldo Roberto Ometto aometto@sc.usp.br <p>O modelo de negócio baseado em uma economia circular é aquele no qual os recursos são mantidos em uso pelo maior tempo possível, este sistema é uma alternativa ao caminho linear “levar, fazer-usar-descartar” sendo seguido em muitas indústrias. Porém, as empresas podem adotar uma abordagem circular para a produção, implementando uma variedade de modelos de negócios alternativos. Com base em uma pesquisa exploratória e bibliográfica na literatura sobre a temática da economia circular no Brasil, serão apresentados os principais conceitos. Além disso, será exposto um panorama da evolução das políticas públicas no Brasil e no mundo e as iniciativas para adoção dos elementos da circularidade que estão sendo desenvolvidos no País. Conclui-se que as políticas públicas são essenciais para o desenvolvimento e através da revisão realizada foi possível concluir que o Brasil não possui políticas públicas ou legislação específica para a promoção da economia circular, e as iniciativas incipientes são promovidas por ONG’s ou empresas privadas, com projetos realizados de formas isoladas. Portanto, é necessário o fortalecimento das capacidades das organizações na sociedade civil e de pequenos municípios e disseminação do pensamento circular. O País deve seguir uma linha de ação que promova a aproximação das universidades e instituições de pesquisa, fomentando e promovendo projetos de áreas como saneamento básico e reciclagem.</p> 2021-09-20T00:00:00-03:00 Copyright (c) 2021 Revista Produção Online https://www.producaoonline.org.br/rpo/article/view/4345 Diagnóstico do nível de sustentabilidade em comunidade do Geopark Araripe da UNESCO 2021-09-20T10:31:29-03:00 Ana Karine Gomes Duarte karine.duarte@urca.br Francisca Jeanne Sidrim de Figueiredo Mendonça jeanne.sidrim@urca.br Nájila Rejanne Alencar Julião Cabral najila@ifce.edu.br Bruna Stephany Coelho de Souza bruna.stephany@urca.br <p>No cenário atual as práticas relacionadas à sustentabilidade estão sendo cada vez mais indispensáveis para gerir qualquer negócio e melhorar qualidade de vida. Visando a necessidade de uma agenda ambiental comprometida com o desenvolvimento econômico e a manutenção da qualidade ambiental foram estipulados os Objetivos do Desenvolvimento Sustentável (ODS) pela Organização das Nações Unidas (ONU). Este trabalho mostra a realidade em 5 comunidades interioranas em atendimento aos ODS. Trata-se de um estudo de caso no entorno dos geossítios do Geopark Araripe da UNESCO, identificando gargalos e avanços que merecem melhor visibilidade para que uma vida sustentável seja alcançada. A partir do estudo ampliado da relação dos 17 Objetivos do Desenvolvimento Sustentável com as práticas vivenciadas pelas comunidades, foram realizadas entrevistas estruturadas, no período de maio a dezembro de 2020, a fim de se obter um diagnóstico do comprometimento destas comunidades com as metas dos ODS. Realizou-se análise SWOT para identificação dos pontos fortes e fracos dos geossítios, no sentido de subsidiar ações futuras de promoção ao desenvolvimento sustentável ao dia a dia destas comunidades.</p> 2021-09-20T00:00:00-03:00 Copyright (c) 2021 Revista Produção Online