Benefícios da cooperação ambiental inter-organizacional: um estudo exploratório em indústrias metalúrgicas gaúchas

Sidarta Ruthes de Lima, Igor Bernardi Sonza, Paulo Sérgio Ceretta, Antonio Marcos Coelho da Rocha

Resumo


O artigo em questão visa evidenciar um modelo de cooperação inter-organizacional para o reaproveitamento de resíduos provindos de indústrias metalúrgicas e realizar um estudo empírico de sua viabilidade em termos de redução de custos para as empresas beneficiadas e diminuição de externalidades ambientais negativas. Para o desenvolvimento da pesquisa foi utilizada uma análise exploratória, onde os dados primários são oriundos das empresas do setor metalúrgico da cidade de Santa Maria/RS, da Usina Gerdau Riograndense (Grande Porto Alegre) e transportadoras da região. Através da simulação realizada, ficou evidenciado que os resíduos do setor metalúrgico podem ser reaproveitados através da parceria empresarial, gerando benefícios econômicos e ambientais, além de proporcionar várias melhorias na qualidade dos processos das empresas metalúrgicas, inclusive na redução dos custos de falhas internas e, conseqüentemente, na redução dos custos globais da qualidade.

Palavras-chave: Gestão Ambiental; Cooperação; Cooperação Ambiental.

Texto completo:

Artigo ♪Audio♪


DOI: https://doi.org/10.14488/1676-1901.v8i2.116

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM


R. Eletr. de Eng. de Produção e Correlatas - ISSN 1676-1901 Creative Commons License
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. © 2002 / Todos os direitos reservados Associação Brasileira de Engenharia de Produção (ABEPRO) Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC).                           Contato: producaoonline@gmail.com