Revisão de aspectos teóricos e metodológicos do uso de mapas cognitivos na ergonomia

Ângela Regina Poletto, Ana Lúcia Ferraresi Schmitz, Leila Amaral Gontijo

Resumo


Este estudo tem como objetivo realizar uma revisão dos aspectos teóricos e metodológicos das pesquisas sobre o uso de mapas cognitivos como um recurso de investigação na ergonomia. Com a finalidade de fundamentar a pesquisa exploratória, selecionar e identificar na literatura especializada, o Portal da Capes foi utilizado como ferramenta de busca através do Scopus, Scielo, Medline e Elsevier. Os mapas cognitivos constituem-se em um instrumento importante na observação do comportamento humano em condições específicas, destacando-se, por meio do seu estado da arte, como auxiliar em ergonomia na análise das atividades. Os mapas auxiliam o processamento de informações seletivas e apontam metas para a tomada de decisões nas atividades de trabalho.

Palavras-chaves: mapas cognitivos, instrumento de observação, atividade de trabalho, ergonomia.

Texto completo:

Artigo ♪Audio♪


DOI: https://doi.org/10.14488/1676-1901.v8i2.122

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM


R. Eletr. de Eng. de Produção e Correlatas - ISSN 1676-1901 Creative Commons License
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. © 2002 / Todos os direitos reservados Associação Brasileira de Engenharia de Produção (ABEPRO) Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC).                           Contato: producaoonline@gmail.com