Avaliação dos indicadores de acidentes de trabalho como proposta de intervenções ergonômicas em um abatedouro de frangos

Fabiano Takeda, Eugenio Andrés Díaz Merino, Giselle Schmidt Alves Díaz Merino, Antonio Pereira Renato Moro, Natalia Fonseca Dias

Resumo


A indústria frigorífica faz do Brasil um dos principais produtores e exportadores mundiais de carne. Nesta perspectiva, este setor mantem-se na busca constante pela competitividade, sendo que as atividades nas indústrias são intensificadas para alcançar maior produtividade, resultando em doenças ocupacionais e riscos de acidentes. Para propor medidas que contribuam na redução de acidentes de trabalho em abatedouros de frangos, esta pesquisa tem como objetivo avaliar os indicadores de acidentes e propor demandas de intervenções ergonômicas com base nos indicadores de acidentes que ocorreram nos anos de 2012, 2013 e 2014 em um abatedouro de frangos localizado na região de São José – S.C. O estudo trata de uma pesquisa de campo com análise documental e utilização do método indutivo. Os dados foram avaliados quantitativamente utilizando-se de planilhas eletrônicas e gráficos. Os resultados apontam que do total de 161 acidentes avaliados, os com cortes foram os que apresentaram o maior número de casos. O agente causador que mais gerou acidentes foi o uso de facas e a parte do corpo mais atingida nos acidentes foi os membros superiores. Os resultados apontam que o abatedouro apresenta demandas de intervenções ergonômicas para adequação das condições de trabalho com enfoque na redução de acidentes de trabalho.


Palavras-chave


Intervenção. Ergonomia. Abatedouro. Acidentes.

Texto completo:

PDF ♪ÁUDIO♪


DOI: https://doi.org/10.14488/1676-1901.v16i1.2075

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM


R. Eletr. de Eng. de Produção e Correlatas - ISSN 1676-1901 Creative Commons License
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. © 2002 / Todos os direitos reservados Associação Brasileira de Engenharia de Produção (ABEPRO) Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC).                           Contato: producaoonline@gmail.com