Mensuração de capacidades tecnológicas inovadoras em empresas de economias emergentes: méritos limitações e complementaridades de abordagens existentes

Camila S. Lourdes, Paulo N. Figueiredo

Resumo


Este artigo enfoca os méritos e limitações de duas grandes abordagens existentes sobre mensuração de capacidades tecnológicas inovadoras. A primeira baseia-se em uma perspectiva macro derivada de surveys de inovação; a segunda, uma perspectiva micro, baseia-se em mensuração de tipos e níveis de capacidades para funções tecnológicas específicas em nível de empresas. O artigo concentra-se nesta segunda abordagem e mostra exemplos de suas aplicações empíricas em nível de organizações no Brasil. O artigo identifica uma complementaridade entre essas duas abordagens e conclui que uma combinação entre elas, em estudos de inovação industrial, forneceria uma perspectiva mais realista sobre a realidade industrial, especialmente no Brasil.

Palavras-chave


mensuração, capacidade tecnológica, inovação, industrialização recente, indicadores de c&t.

Texto completo:

artigo como citar ♪audio♪


DOI: https://doi.org/10.14488/1676-1901.v9i1.213

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM


R. Eletr. de Eng. de Produção e Correlatas - ISSN 1676-1901 Creative Commons License
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. © 2002 / Todos os direitos reservados Associação Brasileira de Engenharia de Produção (ABEPRO) Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC).                           Contato: producaoonline@gmail.com