Análise dos níveis de ruído em equipamentos da construção civil na cidade de Curitiba

Patrícia Perretto Rodrigues, Rodrigo Eduardo Catai, Rafael Antonio Agnoletto, Marcos Roberto da Cruz Ferreira, Igor José Boruchok Gudeiki, Adalberto Matoski

Resumo


As condições de trabalho da construção civil possibilitam situações de risco e dentre os vários problemas do setor tem-se os altos níveis de ruídos dentro dos canteiros de obras. Neste artigo foram caracterizados os níveis de ruído equivalentes gerados pelos equipamentos de construção em três canteiros de obra na cidade de Curitiba/PR. Os equipamentos escolhidos para o monitoramento foram: betoneiras, bate-estacas e serras circulares. Avaliou-se a exposição dos trabalhadores por tarefa executada e calculou-se a dose de exposição diária, o nível de exposição e o nível de pressão sonora correspondente ao limite de tolerância e ao nível de ação. Os riscos foram determinados e comparados com os níveis de atuação recomendados para as ações de controle. Todas as medições, cálculos e comparações basearam-se na norma NR-15 do Ministério do Trabalho e NHO-01 da Fundacentro. Como resultado verificou-se que alguns equipamentos comumente utilizados pela construção civil geram níveis de ruído acima do aceitável.


Palavras-chave


Construção civil; Ruído; Máquinas e equipamentos; Canteiros de obras

Texto completo:

artigo ♪audio♪ como citar


DOI: https://doi.org/10.14488/1676-1901.v9i3.234

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM


R. Eletr. de Eng. de Produção e Correlatas - ISSN 1676-1901 Creative Commons License
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. © 2002 / Todos os direitos reservados Associação Brasileira de Engenharia de Produção (ABEPRO) Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC).                           Contato: producaoonline@gmail.com