O processo de encurtamento de uma cadeia produtiva de arroz: motivadores e implicações

Valquires Martins de Santana, Miguel Afonso Sellitto

Resumo


Esse estudo trata do encurtamento de uma cadeia produtiva de arroz, envolvendo a indústria de beneficiamento e os produtores do município de Lagoa da Confusão, no Tocantins. O estudo procurou entender e explanar o que motivou o encurtamento da cadeia produtiva do arroz observado neste município. Trata-se de uma pesquisa de abordagem qualitativa de caráter exploratório e descritivo. A coleta dos dados foi realizada por meio de entrevista semiestruturada com partes interessadas da cadeia produtiva (produtores, agroindústria, fornecedores de insumos e máquinas, e poder público municipal). Alguns fatores contribuíram para a tomada de decisão do encurtamento como: condições climáticas e de solo favoráveis para a produção do arroz irrigado; redução dos custos logísticos e de produção. Os produtores foram beneficiados pela garantia de venda de seus produtos na colheita; melhora na classificação dos grãos refletido em ganhos financeiros; minimização de perecimento e má qualidade ocasionada pelo transporte; redução dos custos com secagem e armazenagem; confiança em investimento em tecnologia de ponta. Pode-se inferir o ganho nos aspectos econômicos e sociais para o município, incremento da arrecadação; crescimento no número de comércio; oferta de mão de obra na iniciativa privada; considerável aumento da população e a região tornando-se referência no cultivo de arroz irrigado.


Palavras-chave


Cadeias agro-alimentares. Cadeias curtas. Agronegócio.

Texto completo:

PDF ♪ÁUDIO♪

Referências


ADAMI, A.; MIRANDA, S. Transmissão de preços e cointegração no mercado brasileiro de arroz. Revista de Economia e Sociologia Rural, v. 49, n. 1, p. 55-80, 2011. https://doi.org/10.1590/S0103-20032011000100003

BECKMANN, E. Estudo da cadeia produtiva do arroz de mato grosso: impactos do setor de beneficiamento na economia regional em 2011. (Dissertação de Mestrado). Universidade Federal de Mato Grosso. Mestrado em Agronegócios e Desenvolvimento Regional, 2011.

CONAB. Companhia Nacional de Abastecimento. Indicadores da Agropecuária. Companhia Nacional de Abastecimento. Ano XXII, Brasília: Conab, (11), p. 01-92, 2014.

IBGE. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Dados estatísticos: Estados do Tocantins. 2013. Disponível em: http://www.ibge.gov.br/. Acesso em: 10 fev. 2015.

IBGE. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Levantamento Sistemático da produção Agrícola: pesquisa mensal de previsão e acompanhamento das safras agrícolas no ano civil. Fundação Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística, 2014. Disponível em: http://www.ibge.gov.br/. Acesso em: 10 fev. 2015.

FRAGOSO, D. B.; CARDOSO, E. A.; SOUZA, E. R.; FERREIRA, C. M. Caracterização e diagnóstico da cadeia produtiva do arroz no estado do Tocantins. Brasília – DF, EMBRAPA, 2013.

GUEDES, A. C.; TORRES, D. A. P.; CAMPOS. S. K. Sustentabilidade e sustentação da produção de alimentos e o papel do Brasil no contexto global: Tendências recentes. In: BUAINAIN, A. M.; ALVES, E.; SILVEIRA, J. M.; NAVARRO, Z. (Org). O mundo Rural no Brasil do Século 21. Brasília: Embrapa, p. 116-146, 2014.

HOFF, D.; BRUCH, K. Diferenças de finalidade e modificações estruturais na filière do arroz biodinâmico: o caso de Sentinela do SuL, RS. Organizações Rurais & Agroindustriais, v. 9, n. 3, p. 362-375, 2007.

IPEA. Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada. 2009. Indústria - Fuga da capital - Expansão mostra interiorização das fábricas. Brasília-DF. Disponível em: http://goo.gl/bCf3uC. Acesso em: 08 dez. 2015.

LAGO, A.; CORONEL, D. A.; LENGLER, L.; SILVA, T. N.; OLIVEIRA, C. B. O setor orizícola brasileiro e gaúcho: desafios, oportunidades e estratégias frente à crise atual. Cadernos de Economia, Curso de Ciências Econômicas, Unochapecó, v. 11, n. 20, 2007.

LIMA, R. F. de; FAORO, V.; WINIK, V. S.; KHATCHATOURIAN, O. Armazenamento e Secagem de Grãos de Soja. In: JORNADA DE PESQUISA, 18., 2013. [Anais...]. Ijuí, RS, 2013.

LUZ, S.; SELLITTO, M.; GOMES, L. Medição de desempenho ambiental baseada em método multicriterial de apoio à decisão: estudo de caso na indústria automotiva. Gestão & Produção, v.13, n. 3, p. 557-570, 2006. https://doi.org/10.1590/S0104-530X2006000300016

MIRANDA, S.; SILVA, G.; MOTTA, M.; ESPOSITO, H. o sistema agroindustrial do arroz no Rio Grande do Sul. In: CONGRESSO DA SOBER, 45., 2007. [Anais...]. Londrina, 2007.

OLIVEIRA, A. A logística do agronegócio para além do “apagão logístico”: Implicações para a política agrícola. In: BUAINAIN, A. M.; ALVES, E.; SILVEIRA, J. M.; NAVARRO, Z. (Org). O mundo rural no Brasil do século 21. Brasília: Embrapa, p. 237-369, 2014.

PARFITT, J.; BARTHEL, M.; MACNAUGHTON, S. Food waste within food supply chains: quantification and potential for change to 2050. Philosophical Transactions of the Royal Society B: Biological Sciences, v. 365, n. 1554, p. 3065-308, 2010. https://doi.org/10.1098/rstb.2010.0126

PLANETA ARROZ. 2015. Disponível em: http://www.planetaarroz.com.br/. Acesso em: 03 jan. 2016.

SANTIAGO, C. M.; WANDER, A. E. Análise de Distribuição de ganhos na cadeia produtiva do arroz no Estado de Goiás. In: CONGRESSO BRASILEIRO DE ARROZ IRRIGADO, Balneário Camboriú – SC. [Anais...]. Itajaí – SC: Epagri/Sosbai. 1, p. 761-763, 2011.

SELLITTO, M. A., KADEL JR, N., BORCHARDT, M., PEREIRA, G. M., DOMINGUES, J. Rice husk and scrap tires co-processing and reverse logistics in cement manufacturing. Ambiente & Sociedade, v. 16, n. 1, p. 141-162, 2013. https://doi.org/10.1590/S1414-753X2013000100009

SELLITTO, M.; BORCHARDT, M.; PEREIRA, G.; GOMES, L. Environmental performance assessment of a provider of logistical services in an industrial supply chain. Theoretical Foundations of Chemical Engineering, v. 46, n. 6, p. 691-703, 2012. https://doi.org/10.1134/S0040579512060206

SELLITTO, M.; BORCHARDT, M.; PEREIRA, G.; PAULO, L. Environmental Performance Assessment in Transportation and Warehousing Operations by Means of Categorical. Chemical Engineering Transactions, n. 25, p. 291-296, 2011.

SELLITTO, M.; VIAL, L.; VIEGAS, C. Critical success factors in Short Food Supply Chains: Case studies with milk and dairy producers from Italy and Brazil. Journal of Cleaner Production, v. 170, p. 1361-1368, 2018. https://doi.org/10.1016/j.jclepro.2017.09.235

SENAI. Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial. Curso e treinamento em secagem e aeração de grãos armazenados. Palmas, 2015.

SOSBAI. Sociedade Sul- Brasileira de arroz irrigado. Recomendações Técnicas da Pesquisa para o Sul do Brasil. In: REUNIÃO TÉCNICA DA CULTURA DO ARROZ IRRIGADO, 30., 2014. Bento Gonçalves/RS, 2014.

TOCANTINS. Secretaria da Fazenda do Estado do Tocantins - SEFAZ. 2015. Conselho especial para elaboração do índice de participação dos municípios – CEIPM-ICMS. Palmas/TO. Disponível em: http://www.sefaz.to.gov.br/IPM/IPM_2007/ManualIPM2007.htm. Acesso em: 03 jan. 2016.

TOCANTINS. Secretaria de Agricultura e Pecuária do Governo do Estado do Tocantins - SEAGRO. 2016. Cotações Agropecuárias 2016. Disponível em: http://goo.gl/oyF4PM. Acesso em: 14 jan. 2016.

VIAL, L. Encurtando distância entre produtores e consumidores: a abordagem da filiera corta para cadeias agroalimentares. (Dissertação de Mestrado). Programa de Pós-graduação em engenharia de produção e sistemas da Universidade do Vale do Rio dos Sinos, 2010.

VIAL, L; SETTE, T. C. C.; BATISTI, V. S.; SELLITTO, M. A. Arranjos produtivos locais e cadeias agro-alimentares: revisão conceitual. GEPROS. Gestão da Produção, Operações e Sistemas, v. 4, n. 3, p. 105-121, jul./set. 2009.

VIEIRA, J. G., CARVALHO, C. D., YOSHIZAKI, H. Y. Atributos da distribuição de carga e indicadores de desempenho logístico: pesquisa com empresas que atuam na região metropolitana de São Paulo. Transportes, v. 24, n. 4, p. 10-20, 2016. https://doi.org/10.14295/transportes.v24i4.912

WANDER, A. E.; SILVA, O. F. da. Rentabilidade da produção de arroz no Brasil. Embrapa Arroz e Feijão. CNPAF. p. 117-133, 2014. Disponível em: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/handle/doc/1016409. Acesso em: 16 jan. 2015.

YIN, R. Estudo de caso: planejamento e método. Porto Alegre: Bookman, 2001.




DOI: https://doi.org/10.14488/1676-1901.v20i1.3259

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM


R. Eletr. de Eng. de Produção e Correlatas - ISSN 1676-1901 Creative Commons License
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. © 2002 / Todos os direitos reservados Associação Brasileira de Engenharia de Produção (ABEPRO) Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC).                           Contato: producaoonline@gmail.com