Otimização da rota de veículos e seus impactos na logística de distribuição: um estudo de caso em uma distribuidora de produtos de limpeza

Matheus das Neves Almeida, Belchior Rodrigues dos Santos Neto, Agnelo Matos de Moura Filho, Arnaldo Alves dos Santos

Resumo


Em decorrência de um mercado cada vez mais dinâmico e competitivo, as atividades logísticas ganham destaque como diferencial competitivo em uma organização, exigindo sistemas de distribuição cada vez mais eficientes, posto que os custos de transporte representam a maior parcela dentre os custos logísticos. Nesse contexto, a presente pesquisa visa otimizar a rota de veículos em uma distribuidora de produtos de limpeza localizada. Dessa forma, a metodologia empregada nesse trabalho consiste em um estudo de caso, no qual os dados foram coletados por meio de entrevistas semiestruturadas realizadas com o gestor e demais colaboradores em conjunto ao acesso as informações do sistema de ERP da organização. Após a obtenção dos dados, estes foram tabulados em planilhas eletrônicas do Microsoft Excel para uma posterior análise por meio de um comparativo entre a rota atual e a otimizada pelo software logístico LOGWARE. Os resultados alcançados indicam que as empresas podem obter benefícios e melhorias significativas na logística de distribuição, que para esse caso específico analisado durante 18 dias promoveu uma redução no deslocamento de 183,5 km, no tempo de atendimento de 6,1 h e ainda, uma economia monetária de aproximadamente 12,34% em seus custos variáveis. Portanto, conclui-se que é de fundamental importância o uso de métodos computacionais no auxílio da elaboração de rota de distribuição em uma empresa, especialmente considerando a importância dos custos de transportes no custo de logístico total.


Palavras-chave


Logística de distribuição. Transporte. Otimização de rotas.

Texto completo:

PDF ♪ÁUDIO♪

Referências


AMARAL, D. B. M.; SOUZA, A. W.; KENJI OI, Ricardo; CARNEIRO, J. B.; SANTOS, R. M.. Estudo de Roteirização de Veículos com Aplicação da Técnica de Varredura para Cargas Fracionadas. In: SIMPÓSIO DE EXCELÊNCIA EM GESTÃO E TECNOLOGIA, 9., 2014, Rio de Janeiro. [Anais...] 2014.

BALLOU, R. H. Gerenciamento da cadeia de suprimentos: logística empresarial. 5. ed. Porto Alegre: Bookman, 2006.

BALLOU, R. H. Logware: programas de computador selecionados para planejamento logístico. 1999.

BOWESOX, Donald J; CLOSS, D. J; COOPER, M. B.; BOWESOX, J. C.. Gestão Logística da cadeia de suprimentos. 4. ed. Porto Alegres: AMGH, 2014.

CARLOS, F; GORDON, F. Configuration of physical distribution networks. Institute of studies, Universidade da Califórnia. Berkeley. Networks, v.16, p.113-132, 1986. Disponível em: http://onlinelibrary.wiley.com/doi/10.1002/net.3230160202/pdf .Acesso em: 02 jun. 2018. https://doi.org/10.1002/net.3230160202

CARVALHHO, M. Roberto. Gestão dos canais de distribuição. 1. ed. Curitiba: IESDE Brasil S. A, 2009.

CHOPRA, S.; MEINDL, P. Gestão da cadeia de suprimentos: estratégia, planejamento e operações. 4 e.d. São Paulo: Pearson, 2011.

CUNHA, C. B. Aspectos práticos da aplicação de modelos de roteirização de veículos a problemas reais. Revista Transportes, v.8, n.8, p.51-74, 2000. https://doi.org/10.14295/transportes.v8i2.188

DAVIDSSON, P; HENESEY, L; RAMSTEDT, L; TORNQUIST, J; WERNSTEDT, F. Ananalysis of agent-based approaches to transport logistics. Transportation Research Part C: Emerging Technologies, v.13, n. 4, p. 255-271, 2005. https://doi.org/10.1016/j.trc.2005.07.002

DORNIER, Philippe Pierreetal. Logística e operações globais: textos e casos. São Paulo: Atlas, 2011.

ENOMOTO, L. M. Análise da distribuição física e roteirização em um atacadista do sul de minas gerais. 2005. 142 p. Dissertação (Mestrado em Ciências em Engenharia de Produção) – Engenharia de produção, Universidade Federal de Itajubá, UNIFEI, Itajubá, 2005. Disponível em: http://saturno.unifei.edu.br/bim/0029652.pdf. Acesso em: 04 abr. 2018. https://doi.org/10.1590/S0103-65132007000100007

ENOMOTO, Leandro Minoru; LIMA, Renato da Silva. Análise da distribuição física e roteirização em uma atacadista. Produção, v.17, n.1, p.094-108, 2007.

GOMES, D. M.; LIMA, D. S.; GARCIA, F. C.; SILVA, H. P.; NASCIMENTO M. R. L. Análise do processo de roteirização em uma empresa atacadista. 2012. Disponível em: http://www.gpslog.com.br/portal/wp-content/uploads/TCC-DISTRIBUI%C3%87%C3%83O.pdf. Acesso em: 14 mar. 2018.

ILOS. Instituto de logística e supply chain. Disponível em: http://www.ilos.com.br/web/solucoes-por-tema/solucoes-por-tema-custos-logisticos/. Acesso em: 18 abr. 2018.

JACOBS, F. R.; CHASE, R. B. Administração de operações e da cadeia de suprimentos.13. ed. Porto Alegre: AMGH, 2012.

KAZIMÍROVÁ, I; BUSA, M; PUSKÁS, E. Structure of corporate logistic costs. The International Journal of transport & logistics. v.15, p.15, 2015.

MARTINS, R. S; VICENTE, J. Gestão logística do transporte de cargas. 1.ed. São Paulo, Atlas, 2015.

MELO, A. C. S.; FERREIRA FILHO, V. J. M.. Sistemas de roteirização e programação de veículos. Pesquisa Operacional, v. 21, n. 2, p. 223 - 232, 2001. https://doi.org/10.1590/S0101-74382001000200007

MENCHIK, Carlos Roberto. Gestão estratégica de transportes e distribuição. Curitiba: IESDE Brasil S. A, 2010.

NETO, ALBERTO; LIMA, RENATO. Roteirização de veículos de uma rede atacadista com o auxílio de sistemas de informações geográficas (sig). Revista Pesquisa e Desenvolvimento Engenharia de Produção. n.5, p. 18 - 39, 2006

NOVAES, Antônio Galvão. Logística e gerenciamento da cadeia de distribuição. Rio de Janeiro: Elsevier, 2015.

PEREIRA, L. S. S.; DUARTE, R. B.; FIRMINO, C. R. S.; IRINEU, A. B. M.; COSTA, J. R. A. A.. Otimização de rota na distribuição de produtos em uma empresa de produtos de beleza. In: ENEGEP, 35., 2015. [Anais eletrônicos... ]. Fortaleza, 2015.

REBEZOVA, M; SULIMA, N; SURINOV, R. Development trends of air passenger transport services and service distribution channels. Transport and Telecommunication, v.13, n.2, p.159 – 166, 2012. https://doi.org/10.2478/v10244-012-0013-9

ROSA, Adriano C.. Gestão do transporte na logística de distribuição física: uma análise da minimização do custo operacional. 2007. Dissertação (Mestrado em Curso de Gestão em Desenvolvimento Regional) – Departamento de Economia, Contabilidade e Administração, Universidade Taubaté, UT, São Paulo. Disponível em: http://www.ppga.com.br/mestrado/2007/rosa-adriano_carlos.pdf. Acesso em: 18 abr. 2018.

ROSA, Rodrigo de Alvarenga. Gestão de operações e logística I. Florianópolis: Departamento de Ciências da Administração - UFSC; [Brasília]: CAPES: UAB, 2011.

RUSHTON, A; CROUCHER, P; BAKER, P. The Hand book of Logistics and Distribution Management: Understanding the Supply Chain. 5. Ed. The charter institute of logistics and transport UK, United Kingdon, 2014.

SANTOS, F. V. A utilização da pesquisa operacional como ferramenta para redução de custos na logística de distribuição: problema de roteamento de veículos capacitados (prvc). 2014. 127 p. Dissertação (Trabalho de conclusão de curso em Engenharia de Produção), Engenharia de Produção, Universidade de Formiga, UNIFOR-MG, Formiga. Disponível em: http://bibliotecadigital.uniformg.edu.br:21015/jspui/handle/123456789/279. Acesso em: 03 abr. 2018.

SKWARA, Frederico N. Análise da atratividade da indústria de provedores de Serviços logísticos para investimentos de private equity. 2013. 120p. Dissertação (Trabalho de conclusão de curso em Engenharia de Produção), Engenharia de Produção, Escola Politécnica da Universidade de São Paulo, EPUSP-SP, São Paulo. Disponível em: http://pro.poli.usp.br/wp-content/uploads/2013/12/TF_vFinal6.pdf. Acesso em: 09 maio 2018.

YASAR, Mehmet. Analysis of the competition between transportation modes from the perspective of competitive dynamics: a study on ankara-Istanbul transportation line.Transport & Logístics: the International Journal, v.17, n.42, 2017.




DOI: https://doi.org/10.14488/1676-1901.v20i2.3356

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM


R. Eletr. de Eng. de Produção e Correlatas - ISSN 1676-1901 Creative Commons License
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. © 2002 / Todos os direitos reservados Associação Brasileira de Engenharia de Produção (ABEPRO) Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC).                           Contato: producaoonline@gmail.com