Ciclos econômicos na produção, preço e exportação de cacau no Brasil

Elaine Aparecida Fernandes

Resumo


O presente trabalho buscou analisar, para a cultura cacaueira, a presença de ciclos econômicos na produção, exportação e preços dessa commodity. Através da análise espectral, observou-se a existência de comportamento cíclico em todas as séries. O ciclo bienal compartilhado por todas as variáveis refere-se ao ciclo vegetativo e reprodutivo da planta, ou seja, coincidentes com o cultivo e a maturação biológica do fruto. Os resultados mostraram ainda, um ciclo longo de 4,8 a 11,6 anos, que pode se referir ao efeito das variáveis exógenas na composição do preço internacional do cacau. Essas flutuações cíclicas elevam a instabilidade de preços, gerando desestímulo à produção em períodos de recessão e excedente em períodos de ascensão, resultando em flutuações nas quantidades exportadas.


Palavras-chave


Cacau. Análise Espectral. Ciclos. Brasil.

Texto completo:

PDF ♪ÁUDIO♪

Referências


ABICAB – Associação Brasileira da Indústria de Chocolates, Amendoim e Balas. Mercado 2019. Disponível em: http://www.abicab.org.br/. Acesso em: 17 abr. 2020.

AGUIRRE, A. Uma Introdução à Análise Espectral de Séries Temporais Econômicas. Nova Economia, Belo Horizonte, v.5, n. 1, p. 41–60, 1995.

AIPC - Associação Nacional das Indústrias Processadoras de Cacau. Importações de amêndoas, derivados e chocolates 2020. Disponível em: http://www.aipc.com.br/site/wp-content/uploads/2020/04/Importa%C3%A7%C3%B5es-Gr%C3%A1ficos.pdf. Acesso em: 16 abr. 2020.

AIPC - Associação Nacional das Indústrias Processadoras de Cacau. Exportações de amêndoas, derivados e chocolates 2020. Disponível em: http://www.aipc.com.br/site/wp-content/uploads/2020/04/Exporta%C3%A7%C3%B5es-1.pdf. Acesso em: 16 abr. 2020.

ALBUQUERQUE, A. P.; MORAES, M. C. DE. Modelagem Econométrica para a Previsão do Preço Futuro do Cacau: Abordagem ARIMA. Revista Ciências Administrativas (UNIFOR), v.13, p. 193-207, 2007.

AMIN, M. Mário. A Influência da Atividade Especulativa na Determinação dos Preços Internacionais de Cacau no Mercado de Futuros de Nova Iorque. Cadernos do Naea, Belém, PA., v. 12, p. 55-65, 1994.

BASTOS, Eduardo. Cacauicultura superar crise e retomar crescimento. Março, 2018. Disponível em: http://www.agroanalysis.com.br/index.php/3/2018/conteudo-especial/cacauicultura-superar-crise-e-retomar-crescimento. Acesso em: 03 nov. 2018.

BRASIL. Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA), Secretaria de Desenvolvimento Agropecuário e Cooperativismo. Governo incentiva plantio de cacau com R$ 2,13 bilhões para investimentos. Brasília, 2017. Disponível em: http://www.agricultura.gov.br/noticias/governo-incentiva-plantio-de-cacau-com-r-2-13-bilhoes-para-investimentos. Acesso em: 8 dez. 2019.

BURNS, A. F.; MITCHELL, W. C. Measuring business cycles. National Bureau of Economic Research. New York, 1946. 560 p.

COMEX STAT. Tabelas auxiliares. Disponível em: http://comexstat.mdic.gov.br/pt/home. Acesso em: 16 abr. 2020.

CONAB - COMPANHIA NACIONAL DE ABASTECIMENTO. Perspectivas para a agropecuária. 2014. Disponível em: file:///C:/Users/Usuario/Downloads/Perspectivas_para_a_Agropecuaria_-_V.2_-_Safra_2014-2015.pdf. Acesso em: 16 abr. 2020.

DICKEY, D.A.; FULLER, W. Distribution of the estimators for autoregressive time series with unit root. Journal of the American Statistical Association, v. 74, n. 366, p. 427 - 431, 1979. https://doi.org/10.1080/01621459.1979.10482531

FAPESP. História genética do cacau no Brasil é descrita. Disponível em: http://agencia.fapesp.br/historia-genetica-do-cacau-no-brasil-e-descrita/24594q. Acesso em: 14 nov. 2018.

GUJARATI, D. N.; PORTER, D. C. Econometria básica. 5. ed. Porto Alegre: AMGH, 2011. 924 p.

IBGE. Censo Agropecuário Brasileiro 2017. Disponível em: https://biblioteca.ibge.gov.br/index.php/biblioteca-catalogo?view=detalhes&id=73096. Acesso em: 17 abr. 2020.

IBGE. Estatísticas históricas do Brasil: séries econômicas, demográficas e sociais de 1550 a 1988. 2. ed. rev. e atual. Rio de Janeiro: IBGE, 1990.

KEYNES, J. M. A teoria geral do emprego, do juro e da moeda. São Paulo: Nova Cultural, [1936] 1996.

KONDRATIEFF, N.; STOLPER, W. F. The long waves in economic life. The Review of Economic and Statistics, v. 17, n. 6, p. 105-115, 1935. https://doi.org/10.2307/1928486

LIMA, I. C. Ciclos Econômicos: teoria e evidência. In: ENCONTRO NACIONAL DE ECONOMIA, 39., 2011. [Anais...]. Foz do Iguaçu, 2011.

MAGNAGO, R.; FISCH, G.; MORAES, Osvaldo Luiz Leal de. Análise Espectral do Vento no Centro de Lançamento de Alcântara. Revista Brasileira de Meteorologia, v. 25, p. 260-269, 2010. https://doi.org/10.1590/S0102-77862010000200010

MDIC, Dados do comércio exterior. Rio de Janeiro: Ministério do Desenvolvimento, da Indústria e Comércio Exterior. Disponível em: http://comexstat.mdic.gov.br/pt/geral. Acesso em: 24 nov. 2019.

MIRANDA, R. J. S.; FERNANDES, E. A.; SILVA, O. M. Ciclos de produção e preços na Cultura Cafeeira. Revista econômica do Nordeste, Fortaleza, v. 41, n. 1, p. 181-197, 2010.

MONTE, L. F. O.; AMIN, M. M. Análise da volatilidade do preço do cacau no mercado de futuros de Nova York (CSCE): Uma aplicação dos modelos GARCH. Contribuciones a La Economía, v. 8, p. 45-54, 2013.

ROSENBERG, N.; FRISCHTAK, C. Long waves and economic growth: a critical appraisal. American Economic Review, v. 73, n. 2, p. 146-151, 1983.

SANTOS, C. M.; LIMA, J. E.; LEAL, F.D.; BAPTISTA, A.J.M.S. Análise de ciclos na economia brasileira. In: CONGRESSO DA SOCIEDADE BRASILEIRA DE ECONOMIA E SOCIOLOGIA E RURAL, 44., 2006. [Anais...]. Fortaleza, CE, 2006.

SOUZA, W. A. R.; CARMO FILHO, M. M.; MARTINES-FILHO, J.G.; MARQUES, P. V. Uso de análise espectral e regras de filtragem em operações com contratos futuros de soja da BM&F-BOVESPA. Revista de Administração Mackenzie, v. 14, p. 100-120, 2013. https://doi.org/10.1590/S1678-69712013000400007




DOI: https://doi.org/10.14488/1676-1901.v20i2.4022

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM


R. Eletr. de Eng. de Produção e Correlatas - ISSN 1676-1901 Creative Commons License
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. © 2002 / Todos os direitos reservados Associação Brasileira de Engenharia de Produção (ABEPRO) Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC).                           Contato: producaoonline@gmail.com