Cintos lombares no ambiente ocupacional: quais são as evidências?

João Marcos Bernardes, Antonio Renato Pereira Moro

Resumo


Embora largamente utilizados, a eficácia dos cintos lombares na prevenção de distúrbios da coluna lombar permanece incerta, assim como seus mecanismos de ação, que não foram ainda completamente comprovados, suscitando controvérsia quanto a sua utilização. Deste modo, este estudo teve como objetivo realizar uma revisão crítica da literatura sobre o uso de cintos lombares na prevenção da dor lombar no ambiente ocupacional. Para tanto foram realizadas pesquisas nas seguintes bases de dados: Medline, SciELO e LILACS. Existem evidências que o uso dos cintos lombares reduz as amplitudes de movimento da coluna, entretanto os estudos referentes à pressão intra-abdominal e à atividade muscular apresentam resultados contraditórios, assim como os estudos epidemiológicos, não permitindo, desta forma a recomendação do seu uso na prevenção da dor lombar de origem ocupacional. Com base nesta revisão de literatura sugere-se, portanto a realização de novos estudos, a fim de confirmar ou não a eficácia dos cintos lombares como equipamento de proteção individual na prevenção dos distúrbios lombares de origem ocupacional.


Palavras-chave


Ergonomia; saúde do trabalhador; riscos ocupacionais; equipamentos de proteção; dor lombar

Texto completo:

ARTIGO ♪AUDIO♪


DOI: https://doi.org/10.14488/1676-1901.v12i1.694

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM


R. Eletr. de Eng. de Produção e Correlatas - ISSN 1676-1901 Creative Commons License
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. © 2002 / Todos os direitos reservados Associação Brasileira de Engenharia de Produção (ABEPRO) Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC).                           Contato: producaoonline@gmail.com