Avaliação da implantação da manufatura enxuta: uma análise dos anais do ENEGEP

Olga Maria Formigoni Carvalho Walter, Dalvio Ferrari Tubino

Resumo


Por meio de uma revisão bibliográfica dos Anais do Encontro Nacional de Engenharia de Produção (ENEGEP), nos últimos 10 anos de realização do evento, este artigo tem como objetivo identificar o perfil da pesquisa brasileira com relação a métodos que avaliam a implantação da Manufatura Enxuta (ME), propondo uma classificação para os métodos analisados. Foram identificados 28 artigos que tratam especificamente da avaliação da implantação da ME, o que corresponde a 16 métodos de avaliação, pois alguns destes foram encontrados em mais de um artigo. Os resultados mostram que o tipo de pesquisa mais utilizado é o estudo de caso. As práticas enxutas mais abordadas nos métodos são: Ferramentas da Qualidade, Equipes Multifuncionais, Troca Rápida de Ferramentas, Melhoria Contínua e Gestão Visual. A presença do pesquisador foi constatada em mais da metade dos estudos analisados e menos da metade apresentou o instrumento de coleta de dados completo. Além disso, a maior parte dos artigos avalia a ME na indústria, especificamente no chão de fábrica. Este artigo será útil tanto para pesquisadores quanto para profissionais da área de Engenharia de Produção interessados em avaliar o progresso da implantação da ME, pois apresenta o perfil de todos os métodos apresentados no ENEGEP, o que reflete o andamento da pesquisa brasileira sobre o assunto.

Palavras-chave


Manufatura Enxuta. Método de Avaliação. Práticas Enxutas. Implantação

Texto completo:

ARTIGO ♪AUDIO♪


DOI: https://doi.org/10.14488/1676-1901.v12i3.906

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM


R. Eletr. de Eng. de Produção e Correlatas - ISSN 1676-1901 Creative Commons License
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. © 2002 / Todos os direitos reservados Associação Brasileira de Engenharia de Produção (ABEPRO) Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC).                           Contato: producaoonline@gmail.com