Mapeamento do fluxo de valor: estudo de caso na fabricação de produtos pet food

Débora Bianco, Júlio Cesar dos Santos Junior, Juliana Keiko Sagawa, Moacir Godinho

Resumo


A metodologia lean tem sido implementada nas organizações para otimizar processos e diminuir os desperdícios, assim eleva a competitividade perante a concorrência e a performance da mesma. Para manter a fabricação enxuta, diversas ferramentas podem ser implementadas na organização, sendo uma delas o mapeamento do fluxo de valor (MFV). Desta forma, o presente estudo tem como propósito mapear o fluxo de valor da fabricação de produtos extrusados pet food e identificar os desperdícios para propor melhorias. O método de pesquisa utilizado foi o estudo de caso, que permitiu a análise aprofundada do processo produtivo em uma organização de grande porte. Com a aplicação do MFV obteve-se como resultado o mapa do estado atual e após a análise o mapa do estado futuro. As sugestões de melhoria incluíram sincronizar a produção ao adotar o Kanban e supermercados para introduzir o fluxo puxado de produção. Por fim, houve a redução do lead time de 13,8 dias para 6,13 dias e a quantidade de operadores de 17 para 12. A partir do estudo realizado, pode-se identificar lacunas para pesquisas futuras.

Palavras-chave


Produção enxuta. Mapeamento do fluxo de valor (MVF). Estudo de caso. Lean Manufacturing. Desperdícios.

Texto completo:

PDF ♪ÁUDIO♪

Referências


ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DA INDÚSTRIA DE PRODUTOS PARA ANIMAIS DE ESTIMAÇÃO - Abinpet. Mercado Pet Brasil: mais de três décadas de esforço. 2018. Disponível em: http://abinpet.org.br/download/abinpet_folder_2018_d9.pdf. Acesso em: 26 jun. 2018.

CAUCHICK P. A. M.; FLEURY, A. C. C.; MELLO, C. H. P.; NAKANO, D. N.; TURRIONI, J. B.; LEE HO, L.; MORABITO, R. N.; MARTINS, R. A.; PUREZA, V. Metodologia de pesquisa em engenharia de produção e gestão de operações. 1 ed. Rio de Janeiro: Campus Elsevier, 2009.

EMILIANI, M. L. Lean behaviors. Management Decision, v. 36, n. 9, p. 615-631, 1998. http://dx.doi.org/10.1108/00251749810239504

EMILIANI, M. L.; STEC, D. J. Using value-stream maps to improve leadership. Leadership & Organization Development Journal, v. 25, n. 8, p. 622-645,2004. http://www.emeraldinsight.com/doi/10.1108/01437730410564979

FORNO, A. J. D.; PEREIRA, F. A.; FORCELLINI, F. A.; KIPPER, L. M. Value stream mapping: A study about the problems and challenges found in the literature from the past 15 years about application of Lean tools. International Journal of Advanced Manufacturing Technology, p. 779–790, 2014. https://doi.org/10.1007/s00170-014-5712-z

GARCIA, J. L.; MALDONADO, A. A. Just-in-time elements and benefits. Springer International Publishing Switzerland. 2016. Disponível em: https://books.google.com.br. Acesso em: 3 mar. 2017.

GATES,M. A brief history of comercial pet food. Feline Nutrition. 2008. Disponível em: http://feline-nutrition.org/features/a-brief-history-of-commercial-pet-food. Acesso em: 17 fev. 2017.

HAMMARBERG, M.; SUNDEN, J. Kanban in action. Manning Publications, 2014.

HEDLUND, F. N.; FORCELLINI, F. A. Mapa de fluxo de valor estendido a avaliação do desempenho energético em consumidores industriais: um estudo de caso brasileiro. Revista Produção Online. Florianópolis, SC, v. 18, n. 2, p. 691-712, 2018. http://dx.doi.org/10.14488/1676-1901.v18i2.2954

HINES, P.; RICH, N.The Seven Value Stream Mapping Tools. International Journal of Operations and Production Management, p 17, 1997. https://doi.org/10.1108/01443579710157989

KEYTE, B.; LOCHER, D.The complete lean enterprise: value streams mapping for administrative and office process. Productivity Press, New York, 2004.

LIKER, J. K. O modelo Toyota: 14 princípios de gestão do maior fabricante do mundo. Bookman Editora, 2005.

LIKER, J. K.; MEIER, D. O Modelo Toyota: manual de aplicação, um guia prático para a implementação dos 4Ps da Toyota. Porto Alegre: Bookman, 2007.

LIKER, J. K.; CONVIS, G. L.The Toyota way to lean leadership: achieving and sustaining excellence through leadership development. Mc graw hill, p. 22, 2012.

LIMA, D. F. S.; ALCANTARA, P. G. F.; SANTOS, L. C.; SILVA, L. M. F.; SILVA, R. M. Mapeamento do fluxo de valor e simulação para implementação de práticas lean em uma empresa calçadista. Revista Produção Online, Florianópolis, SC, v. 16, n. 1, p. 366-392, 2016. https://doi.org/10.14488/1676-1901.v16i1.2183

MAZON, M. S., MOURA, W.G. Cachorros e humanos: mercado de rações pet em perspectiva sociológica, 2016.

OHNO, T. O Sistema Toyota de produção: além da produção em larga escala. Porto Alegre: Bookman, 1997.

POKSINSKA, B.; SWARTLING, D.; DROTZ, E. The daily work of lean leaders: lessons from manufacturing and healthcare. Total Quality Management & Business Excellence. p. 886-898, 2013. https://doi.org/10.1080/14783363.2013.791098

ROTHER, M.; SHOOK, J. Aprendendo a enxergar: mapeando o fluxo de valor para agregar valor e eliminar o desperdício. São Paulo: The lean enterprise institute, 2003.

SAGAWA, J. K.; DELAI, I. ; PEREIRA, N. A. . Sistemas de produção: uma abordagem estratégica. 1. ed. São Paulo: Pixel, v. 1. 62 p, 2015.

SINGH, B; GARG, K.; SHARMA, S. K. Value stream mapping: literature review and implications for Indian industry. The International Journal of Advanced Manufacturing Technology, v. 53, n. 5-8, p. 799-809, 2010. https://doi.org/10.1007/s00170-010-2860-7

SILVA, C., REIS, V., MORAIS, A., BRILENKOV, I., VAZA, J., PINHEIRO, T., NEVES, M., (...), CARMO-SILVA, S. A comparison of production control systems in a flexible flow shop. Procedia Manufacturing. 13, pp. 1090-1095, 2017. https://doi.org/10.1016/j.promfg.2017.09.169

WARD, A.; SOBEK, D. Lean product and process development. The lean enterprise institute, Cambridge, MA, USA, ed 2, 2014.




DOI: https://doi.org/10.14488/1676-1901.v19i4.3458

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM


R. Eletr. de Eng. de Produção e Correlatas - ISSN 1676-1901 Creative Commons License
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. © 2002 / Todos os direitos reservados Associação Brasileira de Engenharia de Produção (ABEPRO) Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC).                           Contato: producaoonline@gmail.com